ROLLING STONES AMEAÇAM PROCESSAR TRUMP POR USO DE MÚSICA EM CAMPANHA

Do site Roque Reverso

Os Rolling Stones ameaçaram processar o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, após o republicano continuar usando as músicas da banda britânica na campanha eleitoral.

O aviso foi dado depois que Trump ignorou uma notificação extrajudicial relacionada ao uso de uma das músicas do grupo, nada menos que “You Can Always Get What You Want”.

A história já é antiga, já que a canção foi utilizada na campanha eleitoral de Trump em 2016, quando ele foi eleito presidente da República.

Agora, ela voltou a ser tocada em comício promovido por ele no último dia 20 de junho,em Tulsa, no Estado do Oklahoma,na campanha pela reeleição do republicano, que anda em baixa nas pesquisas eleitorais.

A banda entrou em contato com a associação internacional que protege os direitos de autor, International Music Council (IMC) e com a Broadcast Music, Inc.(BMI), órgão responsável por demandas do tipo nos Estados Unidos.

“A BMI notificou a campanha de Trump, em nome dos Stones, avisando que o uso não autorizado de suas músicas constituirá uma violação do contrato de licenciamento. Se DonaldT rump desconsiderar a exclusão da música e persistir, ele enfrentará uma ação judicial por romper o embargo e tocar uma música que não foi licenciada a ele”, diz a organização de direitos autorais em nota enviada ao site da revista norte-americana Deadline.

O problema de Trump com bandas e músicos que não autorizaram suas músicas nas campanhas e comícios é de longa data.
O republicano já teve a negativa do Twister Sister, do R.E.M., do Aerosmith, do Guns N’ Roses e de Neil Young, entre outros nomes importantes da música.

Fonte: abpi.empauta.com (Clipping ABPI)

Deixe uma resposta