abril 28th, 2017

admin

(0) Comentarios!

Dia Mundial da PI: conheça brasileiros que transformaram nosso dia a dia

omo parte das comemorações do Dia Mundial da Propriedade Intelectual de 2017, sob o tema “Inovação – Melhorando Vidas”, o INPI reuniu algumas patentes concedidas pelo Brasil, nos últimos cem anos, para ilustrar o esforço de pesquisa e a criatividade dos brasileiros, entre famosos e pessoas comuns, homenageando aqueles que promoveram o progresso em todo o mundo a partir de suas ideias inovadoras.

São inventos que salvam vidas, como o soro contra veneno de cobras e o coração artificial, até utensílios que facilitam o nosso dia a dia, caso do consagrado escorredor de arroz inventado por uma dona de casa ou a tampa abre-fácil do requeijão, geleias e outras conservas.

Abaixo, clique nas imagens das patentes para ampliar.

Inventor: Vital Brazil Mineiro da Campanha
Patente: Processo para fabricação de soros antipeçonhentos –  Nº. 9596 / Ano 1917

Clique para ampliar

A invenção de Vital Brazil, médico e sanitarista considerado um dos grandes nomes da história da ciência, vem salvando milhares de vidas há mais de um século. Nessa patente, ele descreve o processo para a fabricação de soro anticrotálico, antibotrópico, antielapineo e antiofídico, todos contra picadas de várias espécies de cobras venenosas.

Inventor: Alfredo Marins
Patente: Estrado Ideal – Nº. 9593 / Ano 1917

Patente_2.jpg
O estrado de madeira para cama, inventado por um funcionário público, era constituído de “tabuinhas” ligadas entre si por uma cadeia metálica e uma correia, podendo se enrolar e desenrolar para ser removido da cama, “facilitando a higiene devido ao seu diminuto peso”. Era um conforto e tanto para cem anos atrás.

Inventor: José Bento Monteiro Lobato
Patente: Dispositivo de forno para reduzir minério – Nº. 22591 / Ano 1935

Clique para ampliar

Quem poderia imaginar que essa patente seria do notável Monteiro Lobato, escritor, advogado e industrial, que também foi o “pai” de Pedrinho, Narizinho e a boneca Emília, do clássico “Sítio do Picapau Amarelo”. A invenção permitia produzir ferro gusa como se fosse em alto forno, substituindo a câmera de resfriamento por uma cuba circular. Para efeito apenas de ilustração, a imagem aqui reproduzida é de um invento parecido com o de Monteiro Lobato, não disponível na patente original.

Inventor:  Raimundo da Silva
Patente: Aparelho Televoto – Nº. 26806 / Ano 1951

Patente_4.jpg
Precursor da urna eletrônica, o aparelho televoto teve a patente concedida há mais de sessenta anos. Já naquela época ele identificava o candidato pela foto, nome e número. O televoto era muito democrático e poderia ser utilizado pelos eleitores em qualquer lugar, inclusive em bares, segundo reivindicou o seu criador, que era radiotelegrafista.

Inventora: Therezinha Beatriz Alves de Andrade Zorowich
Patente: Escorredor de arroz – Nº. 71404 / Ano 1959

Patente_5.jpg

 

 

A invenção da cirurgiã-dentista, que estava cansada de ver sua pia se encher de arroz todos os dias na hora de escorrer a água da lavagem, faz sucesso na maioria dos lares há meio século. Ela usava uma bacia para lavar o arroz e uma peneira para escorrê-lo. Então teve a ideia de unir as duas coisas, formando o escorredor de arroz.

Inventor: Arnaldo Rojek
Patente: Tampa abre-fácil – Nº. PI 9101018 / Ano 1995

Patente_6.jpg

 

Essa invenção transformou a indústria de alimentos, dispensando o auxílio de utensílios, como facas e abridores improvisados, que exigiam esforço e malabarismo para abrir vidros e latas. Hoje é muito mais fácil abrir o requeijão, a geleia e todo tipo de conservas, com o sistema de fechamento a alto vácuo, sem machucar dedos e mãos.

Inventores: Aron José Pazim de Andrade e Denys Emílio Campion Nicolosi
Coração artificial eletromecânico – Patente PI 9900391-0 B1 / Ano 2009

Patente_7.jpg

 

 

Inventado por um engenheiro elétrico e outro mecânico, o coração artificial auxiliar bombeia o sangue em paralelo ao coração natural do paciente auxiliando a manter o débito cardíaco e as pressões sanguíneas. Mais barato que modelos estrangeiros, ele tem a missão de salvar as vidas daqueles que estão na fila do transplante cardíaco.

 

Inventor: José Renato Dibo
Garrafa e método de construção civil utilizando garrafa – Patente BR 10 2013 023892 9 B1 / Ano 2016

Patente_8.jpg

 

 

Além de acondicionar líquidos, esta garrafa foi propositalmente desenvolvida para utilização na construção civil, na busca de tecnologias e alternativas sustentáveis. O método proposto pelo arquiteto José Dibo permite que qualquer pessoa monte e construa uma casa com facilidade e com baixo custo.

Inventor: Leopoldo Gonçalves Pinto de Aquino Almeida
Abridor de sachê – Patente MU 8800326-4 / Ano 2017

Patente_9.jpg
A finalidade dessa patente é possibilitar uma maneira rápida, higiênica e prática de abrir os sachês de mostarda, maionese, vinagre, azeite e outros temperos. Com o invento, as verdadeiras brigas para abrir os “saquinhos” ficaram no passado.

 

FONTE : http://www.inpi.gov.br/noticias/no-dia-da-pi-conheca-brasileiros-que-transformam-nosso-dia-a-dia/view

 

novembro 25th, 2016

nwmidia

(0) Comentarios!

China bate recorde mundial de pedidos de patentes, aponta agência da ONU

A China apresentou em 2015 um milhão de pedidos de registro de patentes, superando o número acumulado entre americanos e japoneses, anunciou nesta quarta-feira em Genebra a Organização Mundial de Propriedade Intelectual (OMPI).

Segundo um relatório sobre os Indicadores mundiais de propriedade intelectual, cerca de 2,9 milhões de pedidos de registro de patentes foram apresentadas no ano passado no mundo, um número recorde que aumentou em 7,8%.

O número de pedidos de registro de marcas subiu 15,3%, cerca de 6 milhões, enquanto o número de pedidos de registro de projetos e modelos industriais aumentou 2,3%.

Os chineses depositaram 1.010.406 pedidos, na frente dos americanos (526.296) e dos japoneses (454.285).

A maior parte dos pedidos se concentra na China, enquanto cerca de 40% foram feitos no exterior.

“Embora a China continue sendo o motor do crescimento mundial, a utilização da propriedade intelectual aumentou na maioria dos países em 2015, o que mostra sua importância crescente em uma economia de saber globalizado”, comentou Francis Gurry, diretor-geral da OMPI, citado no comunicado.

O campo da informática (7,9%) foi onde mais fizeram pedidos, à frente de máquinas elétricas (7,3%) e comunicações digitais (4,9%).

No total, 1,24 milhão de patentes foram acordadas em 2015, o que eleva para 10,6 milhões o número de patentes em vigor, segundo os cálculos.

No ramo das marcas, 6 milhões de pedidos foram apresentados, dois quais quase a metade (2,83 milhões) foram na China. Essa quantia representa um aumento de 15,3% em relação a 2014, o maior aumento desde o ano 2000. Cerca de 4,4 milhões de marcas foram registradas em 2015 (+26,6%).

Finalmente, entre os projetos e modelos industriais, os pedidos de registro aumentaram 2,3%, após uma forte baixa em 2014. Neste ramo, a apresentação de pedidos chineses representou cerca da metade do total, com 569.000 pedidos de um total de 872.800, à frente de americanos e sul-coreanos.

Projetos e modelos sobre móveis representaram 9,4% dos pedidos, à frente dos setores têxtil (8,3%) e dos de embalagens e recipientes (7%).

Fonte: Isto É Dinheiro

novembro 10th, 2016

nwmidia

(0) Comentarios!

Apple consegue vitória judicial contra Samsung por patentes

A decisão judicial é um novo capítulo da disputa tecnológica travada pelos dois gigantes mundiais dos smartphones

size_960_16_9_samsung-apple

Um tribunal de Apelações americana deu, nesta sexta-feira, uma inesperada vitória à Apple ao condenar sua rival sul-coreana Samsung a pagar 120 milhões de dólares em uma disputa por quebra de patentes..

A decisão judicial é um novo capítulo da disputa tecnológica travada pelos dois gigantes mundiais dos smartphones.

O conflito entre as empresas se originou nos outros continentes antes de se concentrar nos tribunais americanos.

A decisão do tribunal federal de Apelações de Washington acontece quatro dias antes de uma audiência da Suprema Corte dos Estados Unidos sobre a questão das patentes envolvendo Apple e Samsung.

Por oito votos a três, os juízes condenaram nesta sexta-feira a Samsung a pagar 119,6 milhões de dólares por ter usado o sistema patentado pela Apple de desbloqueio de tela touch deslizando o dedo sobre ela, assim como a função do corretor automático.

Essa decisão anula outra anterior favorável à Samsung e restabelece uma decisão tomada em primeira instância por um tribunal da Califórnia.

A decisão de primeira instância do tribunal californiano representa uma meia vitória para a Apple, pois a empresa também foi condenada a pagar um valor simbólico de 158.400 dólares por ter quebrado uma patente da Samsung sobre fotos digitais.

Ambas as empresas apresentaram queixas cruzadas contra a outra.

Fonte: Exame Abril

outubro 26th, 2016

nwmidia

(0) Comentarios!

Apple registra patente de sacola de plástico — e vira piada por isso

Em São Paulo, alguns supermercados tem uma prática maravilhosa de cobrar alguns bons centavos de reais para o usuário guardar as compras em uma sacola de plástico. Óbvio, estamos falando de sacolas comuns. Mas, e se essa sacola fosse desenvolvida pela Apple? Bom, talvez você pagasse mais que a conta final da compra.

Uma aplicação de patente preenchida pela Apple nesta semana mostra exatamente isso: uma sacola de compras. Contudo, a Maçã registrou uma patente que não faz uso do plástico como material principal, mas sim a celulose de árvores.

Acontece que, por causa dessa patente, a Apple está virando piada na internet. O programa televisivo CONAN fez até uma brincadeira com a iniciativa:

Se pudermos notar uma coisa, a Apple não está errada em preencher a patente, apesar de ser engraçado ver uma das maiores empresas de tecnologia do mundo se envolver neste ponto. Mas, se as sacolas plásticas fossem abandonadas por novas sacolas de celulose, meus amigos, teríamos uma possível revolução em vários meios de produção e, principalmente, no lixo gerado.

FONTE(S)THE VERGE

Fonte: Tecmundo

outubro 19th, 2016

nwmidia

(0) Comentarios!

Monsanto consegue a patente do brócolis

Empresa patenteou variação obtida com cruzamentos e seleções naturais; ONG protesta e organiza abaixo-assinado

por Ana Freitas

Empresa patenteou variação obtida com cruzamentos e seleções naturais (foto: Wikimedia Commons)
Empresa patenteou variação obtida com cruzamentos e seleções naturais (foto: Wikimedia Commons)

O Escritório Europeu de Patentes em Munique concedeu à francesa Monsanto no último dia de 16 de junho a patente do brócolis. Parece surreal, mas aconteceu: uma empresa chamada Seminis, cuja dona é a Monsanto, recebeu a patente EP 159765 do brócolis derivado de plantio convencional, derivado de cruzamento e seleção natural de vários tipos de brócolis, que pode acontecer de maneira induzida pelo ser humano ou mesmo naturalmente. A patente cobre as plantas, as sementes e a “cabeça cortada do brócolis”. A patente também descreve “uma pluralidade de tipos de brócolis… que crescem em plantios de brócolis.”

Se ficar com dúvidas, confira o documento completo da patente. É comum que empresas como a Monsanto, que entre outras coisas desenvolvem modificações genéticas para diversos tipos de plantas, patenteiem tipos especiais de determinada espécie, desenvolvidos em laboratório. Incomum é que essas empresas sejam capazes de patentear variações de determinado vegetal que foram obtidas somente de cruzamentos e seleções naturais em colheitas, como é o caso dessa vez.

A patente garante a Seminis a exclusividade no plantio dessa variação natural do brocólis. É como dar a alguém a patente de uma composição de água mineral específica, por exemplo. Anteriormente, o Parlamento Alemão e o Parlamento Europeu já tinha se manifestado contra a concessão de patentes do tipo, e na Europa, a ONG No Patents on Seeds! coletou mais de 2 milhões de assinaturas pela proibição de patentes de cruzamentos convencionais. A mesma ONG está organizando outro abaixo-assinado, contra essa patente em específico, e você pode assiná-la aqui.

O perigo, de acordo com a ONG, é que isso vire moda. De acordo com um documento da World Food Organisation, há uma tendência na indústria de biotecnologia de patentar cruzamentos convencionais de plantas para expandir os negócios. Segundo o relatório, as vendas de plantas do tipo, com patentes baseadas em cruzamentos naturais, vão aumentar de 700 milhões de dólares hoje para 3 bilhões de dólares em 2020.

Fonte: Revista Galileu

outubro 13th, 2016

nwmidia

(0) Comentarios!

Apoio da Bosch gera 21 pedidos de depósito de patentes

Desde 2014, empresa aprovou, junto ao CNPq, 84 bolsas do Inova Talentos

O incentivo dado pela Bosch às pesquisas no Brasil recentemente resultou em 21 pedidos de depósito de patentes. Com os resultados, a empresa pretende reforçar sua estratégia de localização para atender a demandas que aumentem a segurança, a eficiência energética e reduzam emissões de poluentes.

Os pedidos de depósito de patente são o resultado concreto de um empenho da Bosch. Desde 2014 a fabricante de autopeças aprovou, junto ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), 84 bolsas do Inova Talentos para atuação de pesquisadores em diferentes áreas da organização.

“O Inova Talentos é uma excelente oportunidade para as empresas reduzirem as barreiras que existem quando o assunto é pesquisa e desenvolvimento. Dessa forma, o programa ajuda a tirar da gaveta ações inovadoras, mas que muitas vezes não conseguem ir em frente pela falta de mão de obra qualificada”, diz o gerente de inovação e propriedade intelectual da Bosch Brasil, Bruno Bragazza.

Cinco bolsistas do Inova Talentos na Bosch tiveram seus trabalhos premiados graças aos vieses de inovação e performance.

Veja abaixo a lista de projetos premiados:

– Prêmio AEA de Meio Ambiente 2015, categoria Tecnologia Diesel, case “Potencial de aquecimento global de um motor de duplo combustível durante sua operação”, de Nara Tudela Haberland (bolsista) e Frederico Tischer (tutor);
– Prêmio Inova Talentos, etapa estadual, categoria Equipe Destaque, case “Desenvolvimento de tecnologia para substituição de diesel por gás natural em motores de veículos comerciais”, de Vivian Machado (bolsista) e Jason de Barros (tutor);
– Prêmio Inova Talentos, etapa estadual, categoria Artigo Destaque, case “Desenvolvimento e aplicação de simulação vibroacústica em bomba diesel UP-SP” de Renato Normandia Tavares (bolsista) e Avelino Souza (tutor);
– Prêmio Inova Talentos, etapa estadual, indicação para a etapa nacional categoria Equipe Destaque, case “Desenvolver teste de durabilidade acelerado para sistemas de injeção diesel (redução de 80% em tempo de testes)”, de Eduardo Fonseca Pedralli (bolsista) e Avelino de Souza (tutor);
– Prêmio Inova Talentos, etapa estadual, indicação para etapa nacional categoria Artigo Destaque, case “Avaliação térmica da eletrônica de controle PWM (Pulse Width Modulation) e mecanismos de proteção contra interversão de polaridade de bateria em circuitos de alta corrente”, de Guilherme Fuzato (bolsista) e Isaac Gentini (tutor).

Fonte: Automotive Business

outubro 5th, 2016

nwmidia

(0) Comentarios!

ONG luta contra patente de fármaco para hepatite C

Berlim – O Escritório Europeu de Patentes começou nesta terça-feira a estudar a demanda apresentada pela ONG Médicos do Mundo contra a patente do Sofosbuvir, princípio ativo do fármaco contra a hepatite C Sovaldi, em um primeiro passo para tentar abrir a porta a remédios genéricos de menor preço.

Em comunicado, a ONG Médicos do Mundo ressaltou que trata-se da primeira vez que uma organização médica se apresenta como litigante na Europa para melhorar o acesso dos pacientes aos remédios.

O tratamento com Sovaldi, da farmacêutica americano Gilead, pode alcançar os 60 mil euros (US$ 67,3 mil).

A ONG sustenta que ao registrar seu remédio, a empresa não apresentou a fórmula exata do sofosbuvir, mas uma ampla composição química, e também não um método específico para fabricá-lo sinteticamente.

Além disso, segundo sua opinião, princípios ativos como sofosbuvir já estavam à disposição da ciência, por isso que o remédio não tem caráter inovador.

O Escritório Europeia de Patentes, com sede em Munique (sul da Alemanha), registrou no ano passado quase 270 mil expedientes, com as inovações na área da tecnologia medicina na liderança da lista de inscrições.

No setor da farmácia foram apresentados no ano passado nesse escritório 5.884 solicitações de patentes.

Fonte: Exame Abril

setembro 28th, 2016

nwmidia

(0) Comentarios!

É a sua cara! Facebook registra patente para criar emojis personalizados

POR DOUGLAS VIEIRA

18165212015731-t1200x480

Pensando em expandir cada vez mais o grau de interação entre os usuários, o Facebook fez um registro de patente para uma ideia que, caso saia do papel, vai permitir que o usuário utilize suas fotos como emojis ao enviar uma mensagem ou responder alguém.

A patente em questão foi protocolada em 2012 e dá a entender que, ao usar algum símbolo conhecido como :D, o algoritmo do site faria uma busca entre as suas fotos publicadas para encontrar aquela que mais se assemelha ao emoji que você deseja utilizar. Não há nenhuma informação sobre como seria feita a seleção de fotos ou mesmo se a manobra funcionaria em qualquer situação.

Aqui, temos uma ideia de como essa ideia pode funcionar caso realmente saia do papel
Aqui, temos uma ideia de como essa ideia pode funcionar caso realmente saia do papel

Caso as opções sejam um pouco mais limitadas, isso pode ter um ponto positivo: evitar que os usuários acabem abusando e enviando algum tipo de imagem que apresente conteúdo ofensivo ou que possua algum tipo de referência mais forte, um sistema semelhante ao que existe no Slack e no Twitch.

Um detalhe que vale a pena ser mencionado é que o simples registro de patente não significa que a ideia realmente vai sair do papel. Porém, levando em consideração que muitas novidades referentes ao Facebook que foram descobertas quando suas patentes se tornaram públicas acabaram aparecendo na rede social (como o Facebook Reactions), há uma chance de que esse projeto siga o mesmo caminho.

Fonte: Tecmundo

setembro 22nd, 2016

nwmidia

(0) Comentarios!

Airbus registra patente de assento ajustável para obesos

Cintos de segurança: a patente indica que algumas funções dos assentos serão ajustáveis
Cintos de segurança: a patente indica que algumas funções dos assentos serão ajustáveis

São Paulo – A Airbus registrou uma patente que promete aumentar o conforto das pessoas obesas. Nomeado de “assento de passageiros com banco reconfigurável”, o documento prevê os assentos das aeronaves como bancos e, não, como cadeiras individuais.

Segundo a patente, a ideia consiste em proporcionar um assento sem divisórias fixas que pode ser configurado rapidamente, permitindo múltiplas permutações. Os cintos de segurança, por exemplo, poderiam ser ajustados para acomodar dois adultos e duas crianças ou dois adultos grandes.

A Airbus afirma no documento que os bancos podem ser “adaptados às necessidades do operador” e “às exigências de grupos específicos”, incluindo idosos, passageiros com excesso de peso e pessoas com mobilidade reduzida.

United States Patent and Trademark Office
United States Patent and Trademark Office

Essa não é a primeira patente da Airbus que tenta criar mais espaço para os passageiros de suas aeronaves. Em outubro de 2015, a empresa patenteou uma ideia que pretendia empilhar os usuários de seus aviões uns em cima dos outros.

No mesmo ano, ela fez o pedido de uma patente para recipientes de armazenamento que seriam colocados sob os assentos dos passageiros. Porém, a partir das imagens do documento, nota-se que as caixas reduziriam ainda mais o espaço para as pernas dos usuários.

Outro projeto arquivado pela companhia inclui um avião que é quatro vezes mais rápido do que a velocidade do som. Até agora, nenhuma dessas ideias saíram do papel.

Fonte: Exame Abril

setembro 14th, 2016

nwmidia

(0) Comentarios!

As 15 patentes mais aleatórias e sinistras já registradas

POR LUCAS KARASINSKI

Quando tocamos no assunto “patentes” aqui no Tecmundo, invariavelmente o artigo – ou mesmo os comentários da galera – acabam trazendo, também, algumas discussões da já tradicional briga envolvendo as gigantes Apple e Samsung. Contudo, o mundo das invenções não se resume somente a estas duas empresas.
Um incontável número de registros de patentes acontece diariamente em todo o planeta. São ideias que abordam os mais diversos âmbitos das nossas vidas, sejam travas de janelas, máquinas para manufatura de produtos ou dispositivos tecnológicos para banheiros.

O fato é que, enquanto muitos inventores acreditam terem “reinventado a roda”, na maioria das vezes, o público em geral acaba considerando as suas ideias malucas, bizarras e totalmente sem sentido. Confira, agora, uma reunião com algumas das patentes mais bizarras já registradas mundo afora.

1. Careca? Eu não!

Escondendo a careca! (Fonte da imagem: Reprodução/United States Patent and Trademark Office)
Escondendo a careca! (Fonte da imagem: Reprodução/United States Patent and Trademark Office)

Registrada com o código 4,022,227 no escritório de patentes dos Estados Unidos, essa invenção promete fazer a alegria de quem está ficando careca, mas ainda conta com algumas porções de cabelo. Trata-se, na verdade, da patente de um penteado que utilizaria três partes diferentes dos cabelos da pessoa para cobrir a parte restante que já está “pelada”. Ao que podemos perceber pela imagem, isso deve ficar lindo!

2. Lasers e gatos

A brincadeira é minha! (Fonte da imagem: Reprodução/Urban Titan)
A brincadeira é minha! (Fonte da imagem: Reprodução/Urban Titan)

Uma das maiores diversões de quem tem um gato é apontar aquelas canetas-laser no chão (ou nas paredes, também é legal!) e ver o bichano correndo loucamente atrás daquele pequeno ponto vermelho. Pois saiba que uma brincadeira tão simples e casual foi objeto de patente.
Um espertinho norte-americano registrou a ideia, de modo que, assim, quem brincasse dessa forma com o seu animal deveria pagar os direitos ao dono da “invenção”. O documento data de 1995 e, para nossa sorte, o reclamante não pagou os valores de manutenção da patente. Ou seja, com isso, o processo acabou expirando. Então, pode ficar tranquilo e continuar brincando (torturando o seu gato) à vontade!

3. Móveis infláveis

Não dá nem para ter uma lâmpada no teto! (Fonte da imagem: Reprodução/Urban Titan)
Não dá nem para ter uma lâmpada no teto! (Fonte da imagem: Reprodução/Urban Titan)

Arrumar a cama é uma das tarefas mais chatas que existem. Por isso, não seria nada mal contar com algum artifício que nos ajudasse a evitar tal missão. Pensando nisso, um inventor registrou uma ideia chamada de Móveis Flutuantes (Floating Furniture). Segundo a patente, os móveis da casa (a cama, principalmente) contariam com reservatórios de hélio que os fariam voar.
Dessa forma, com o dispositivo em funcionamento, a sua cama subiria até o teto, escondendo a sua bagunça – de quebra, ainda acabaria abrindo espaço em seu quarto. O problema da ideia, contudo, seria utilizar o processo com a mesa de jantar, por exemplo. Imagina só os talheres caindo na sua cabeça!

4. Fique de olho em quem anda atrás de você!

Retrovisores nos óculos (Fonte da imagem: Reprodução/Listverse)
Retrovisores nos óculos (Fonte da imagem: Reprodução/Listverse)

Os óculos foram inventados para ajudar quem tem problemas de visão. Entretanto, quem disse que o objeto precisa ser limitado a somente uma tarefa? Essa patente mostra que eles também podem ajudá-lo a ficar de olho em quem vem atrás de você.
Trata-se de um par de óculos com retrovisores embutidos em suas laterais. Com eles, você vai sempre ficar de olho caso alguém esteja lhe seguindo. O problema é saber se a pessoa não está fazendo isso somente pelo fato de que os seus óculos esquisitões estão chamando a atenção.

5. Abrigo nuclear portátil

Calmamente esperando o desastre nuclear terminar... (Fonte da imagem: Reprodução/Urban Titan)
Calmamente esperando o desastre nuclear terminar… (Fonte da imagem: Reprodução/Urban Titan)

No auge da Guerra Fria, o mundo estava sempre atento aos perigos de um conflito nuclear. Os cidadãos norte-americanos, então, nem se fala. Pensando nisso, um inventor criou uma espécie de abrigo nuclear portátil. Com ele, bastaria que a pessoa cavasse um buraco e posicionasse a proteção sobre essa cava, criando, assim, um lugar à prova de explosões nucleares.
O projeto, inclusive, detalha como seria a alimentação de oxigênio. Em contrapartida, não há estudos dizendo quanto tempo você poderia ficar lá dentro ou como você poderia carregar o aparelho por aí. Além disso, será que no caso de uma explosão nuclear você teria tempo de procurar um lugar apropriado, cavar um buraco e armar a sua proteção?

6. Acordando o próprio cérebro

Chacoalhando a cabeça (Fonte da imagem: Reprodução/Urban Titan)
Chacoalhando a cabeça (Fonte da imagem: Reprodução/Urban Titan)

Quando você está caindo de sono, mas também está cheio de tarefas, o que geralmente faz? Toma um gole de café? Lava o rosto? Pois esse inventor achou que isso não é o suficiente para resolver nada e achou uma forma de, literalmente, chacoalhar o cérebro.
A patente trata de um dispositivo que lembra muito as escovas dentais elétricas. Entretanto, ele conta com um motor diferenciado. O projeto faz com que ondas de vibrações cheguem até o cérebro por meio de sua boca. Dessa forma, caso você esteja com sono, basta utilizar o aparelho para chacoalhar tudo o que você tem na cabeça – e, dessa forma, ficar bem acordado.

7. O amigo imaginário

Nunca sozinha! (Fonte da imagem: Reprodução/Buzzfeed)
Nunca sozinha! (Fonte da imagem: Reprodução/Buzzfeed)

Se você assistiu ao filme “MIB 2”, com certeza se lembra do piloto automático inserido no carro do “J” (personagem interpretado por Will Smith), aquele que parecia mais um manequim de loja do que uma pessoa. Pois saiba que alguém teve uma ideia muito parecida – e registrou o invento.
O chamado “Amigo Imaginário” seria um dispositivo com uma espécie de armarinho em sua base, algo que poderia ser colocado no banco do carona. Acima dessa pequena estante, haveria um boneco representando um humano. Ele ajudaria as pessoas a afastar ladrões, pois daria a impressão de que o motorista não estaria sozinho. Além disso, ele também contaria com um telefone de mentira. Assim, quem estivesse com medo dos bandidos poderia simular uma ligação para a polícia.

8. Beijos? Só com proteção

Beijo? Só com proteção! (Fonte da imagem: Reprodução/Buzzfeed)
Beijo? Só com proteção! (Fonte da imagem: Reprodução/Buzzfeed)

Hoje em dia, praticamente todo mundo sabe que a camisinha é objeto obrigatório e fundamental quando se deseja manter relações sexuais com alguém. Contudo, para algumas pessoas, a proteção tem que começar muito antes de você ir para a cama com o seu amado.
Essa patente traz uma espécie de “pirulito gigante” feito de látex, e basta utilizar a invenção para poder beijar quem você quiser – tudo sem ter que ficar com medo de trocar saliva com o seu parceiro ou pegar qualquer tipo de doença.

9. Sexo extremamente seguro

Parece uma roupa de mergulho (Fonte da imagem: Reprodução/Urban Titan)
Parece uma roupa de mergulho (Fonte da imagem: Reprodução/Urban Titan)

Falando em segurança nas relações humanas um pouco “mais quentes”, um inventor norte-americano parece não acreditar na proteção trazida pelas camisinhas. A sua patente traz uma roupa capaz de proteger cada centímetro do corpo durante o ato sexual.
O aparato, que mais parece um traje de mergulho, seria feito de materiais flexíveis, de preferência finos e transparentes. Ele também contaria com todos os recursos necessários para que você encaixasse certas partes do corpo, se é que você me entende. Tudo para que você pudesse se proteger contra qualquer doença sexualmente transmissível.

10. Detector de Papai Noel

Pegando o Papai Noel no flagra! (Fonte da imagem: Reprodução/Brown & Michaels)
Pegando o Papai Noel no flagra! (Fonte da imagem: Reprodução/Brown & Michaels)

Em alguns países existe a tradição de se deixar meias penduradas perto da lareira, tudo para que o Papai Noel possa recheá-las com presentes. Um inventor, pensando em talvez pegar o Bom Velhinho em flagrante, desenvolveu uma meia natalina equipada com um pequeno detector de presença.
A ideia é que, assim que o Papai Noel se aproximasse do dispositivo, o equipamento ativasse algumas luzes externas, iluminando o lugar em volta e, quem sabe, alertando as pessoas para o fato de que alguém mexeu naquela meia.

11. Ronco nunca mais!

Choque nele! (Fonte da imagem: Reprodução/Buzzfeed)
Choque nele! (Fonte da imagem: Reprodução/Buzzfeed)

Existem vários tratamentos para diminuir o ronco durante o sono. Contudo, entre tantas maneiras diferentes de se tentar resolver o problema, é difícil você já ter visto algo tão radical quanto esse dispositivo registrado nos Estados Unidos.
O “Electronic Snore Stopper” seria um aparelho eletrônico utilizado no pescoço, como uma espécie de colar. Bastaria que você o utilizasse durante o sono para ele entrar em ação. Sempre que o invento detectasse as vibrações de um ronco, daria um choque na pessoa, acordando-a instantaneamente. Difícil imaginar como isso tornaria o sono de alguém melhor, afinal de contas, nem quem dorme perto dos “roncadores” desejaria tal tortura para alguém!

12. Patente com trava

Tudo trancado (Fonte da imagem: Reprodução/Listverse)
Tudo trancado (Fonte da imagem: Reprodução/Listverse)

Tem gente que não gosta dividir nada, nem mesmo aquilo que faz no banheiro! Essa patente diz respeito a uma privada que você não precisa dividir com ninguém. O projeto mostra uma espécie de trava, que impede qualquer pessoa, que não seja você, de utilizar aquele seu lugar preferido na hora de fazer as palavras cruzadas…

13. Coleira para cobras

Levando a cobra para um passeio (Fonte da imagem: Reprodução/Buzzfeed)
Levando a cobra para um passeio (Fonte da imagem: Reprodução/Buzzfeed)

Se você tem uma cobra de estimação, com certeza gosta de coisas diferentes – e quer fugir dos tradicionais bichos criados por humanos, gatos ou cachorros, por exemplo. Contudo, quem disse que a sua relação com o animal também precisa ser diferente?
Essa patente traz um sistema de guia e coleira desenvolvido para cobras. Com ele, você poderia, por exemplo, levar a sua cascavel passear no parque e ter todo o controle sobre o seu bicho, não deixando que a cobra vá “brincar” com nenhuma criança ou transeunte.

14. Lava-rápido de humanos

Lavando em série! (Fonte da imagem: Reprodução/Weird News)
Lavando em série! (Fonte da imagem: Reprodução/Weird News)

As pessoas que se encontram internadas em hospitais também precisam tomar banho diariamente. O problema é que isso geralmente demanda a ajuda de outras pessoas, como enfermeiros e familiares, que precisam lavar o doente, uma vez que ele não reúne condições de se virar sozinho. Pensando nisso, o desenvolvedor dessa patente teve uma ideia genial: por que não adaptar o conceito dos lava-rápidos para os humanos?
O invento contaria com uma cinta, algo como uma cadeirinha de escalada, por exemplo. Ali, os pacientes seriam pendurados pelos enfermeiros para que, em seguida, um sistema automático os levasse ao processo de lavagem. Haveria várias estações, como ensaboar, enxaguar e secar. Com certeza, seria muito confortável para os pacientes…

15. MacBook pro com energia solar

Mac com luz solar (Fonte da imagem: Reprodução/Apple Insider)
Mac com luz solar (Fonte da imagem: Reprodução/Apple Insider)

É lógico que a Apple não ficaria de fora dessa lista! Brincadeiras à parte, a companhia registrou, em 2010, uma patente que descreve uma tecnologia muito interessante. De acordo com o projeto, a ideia é criar um sistema de obtenção de energia externa que alimentaria o backlight da tela dos seus aparelhos, como um MacBook Pro, por exemplo.
De acordo com a invenção, um painel dobrável seria aberto na parte de trás do notebook e captaria a luz solar. Isso serviria para economizar bateria e fazer com que a autonomia do aparelho fosse bem maior. Será que um dia isso sairá do papel?

Fonte: Tecmundo

Páginas:1234567...39»