fevereiro 23rd, 2012

nwmidia

(0) Comentarios!

Mais agilidade nas patentes

As medidas anunciadas pelo governo em meados de 2011 para modernização do sistema de patentes, a cargo do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi), começam a apresentar resultados. Com a conclusão da informatização dos serviços de análise e registro, o órgão reduziu para cinco anos o tempo médio estimado para tramitação de pedidos de patentes, o que é bastante razoável, considerando que, até 2009, era preciso esperar 10,2 anos para obtenção do registro, ou seja, um pouco mais da metade dos 20 anos de validade de uma patente. A evolução nessa área tomou impulso no fim de 2011, quando o prazo de processamento de patentes no órgão já havia caído para 5,4 anos. A meta agora é reduzir o prazo para menos de qua t ro anos em 2015. Este seria “um prazo compatível com as melhores práticas internacionais para garantir uma análise confiável e dar segurança às empresas para desenvolver o produto de suas tecnologias”, como disse Jorge Ávila, presidente do órgão, em entrevista ao Estado.

A agilidade no registro de patentes é um requisito básico para o estímulo à inovação de processos e produtos por parte das empresas, condição necessária para fazer face à concorrência internacional, tanto no mercado externo como no doméstico.

Além disso, a modernização do Inpi deve contribuir para o combate à biopirataria, que é particularmente acentuada em um país com grande biodiversidade, como o Brasil. Não são poucos os casos de plantas, principalmente da Amazônia, que foram apropriadas por empresas estrangeiras, que registraram patentes no exterior, aproveitando-se da circunstância de não haver registro oficialdo seu uso ou de suas propriedades no Brasil,embora isso possa ser até comum na medicina ou na alimentação populares. Como os cientistas têm alertado, não se combate a biopirataria só com fiscalização, mas com melhor conhecimento da biodiversidade e com patentes que a protejam de sua exploração ilegal.

O Inpi hoje se vê diante de dois problemas. É preciso dar continuidade com rapidez ao trabalho de tirar o atraso, pois há cerca de 160 mil pedidos de patentes ainda dependentes de análise, mesmo depois da identificação e arquivamento de 30 mil processos com documentação falha. E, atender a um aumento de 10%, por ano, do número de depósitos ou pedidos de novas patentes ou registro de novas marcas. Em 2011, por exemplo, o órgão recebeu 30 mil novos pedidos de patentes, número que tende a continuar em rápido crescimento. Apesar de investir relativamente pouco em pesquisa e desenvolvimento (P&D), estudos recentes revelamqueas empresas nacionais têm elevado significativamente as suas dotações para incorporação de novas tecnologias, especialmente nas áreas petrolífera, de energias alternativas e de biotecnologia. Em relação a novas marcas, o Inpi recebeu mais de 140 mil pedidos em 2011. (mais…)

fevereiro 8th, 2012

nwmidia

(0) Comentarios!

Patentes antigas da Sony revelam controles parecidos com os do Wii U

Por Maurício Tadra

Um registro de patente feito pela Sony no ano de 2010 mostra o que parece se tratar de um controle portátil, com formato de tablet e funções touchscreen. A novidade lembra muito o que a Nintendo mostrou na E3 2011, quando revelou ao mundo os primeiros detalhes do vindouro Wii U.

De acordo com o site gameinformer, segundo informações do VentureBeat, o sistema da Sony é chamado “Position-Dependent Gaming 3-D controller, and Handheld as a Remote”. O artefato parece funcionar como um controlador que permite a interação entre a sua própria tela com a tela da televisão principal, levando em consideração a posição de quem está com o aparelho nas mãos.

A descrição no registro da patente fala em possibilidades de criar avatares no dispositivo móvel, que identificaria o jogador do mundo real e seria usado como personagem em determinados jogos. O controle também permitiria que os movimentos de cabeça e postura dos gamers reflitam diretamente nos movimentos do avatar.

Essa notícia vem em um momento no qual a Sony declarou que será a última empresa a anunciar a plataforma da próxima geração. O que será que a criadora do PlayStation 3 está preparando para os gamers? Continuem ligados no BJ para descobrir.

Fonte: Baixaki Jogos